quarta-feira, 18 de outubro de 2017

PORTUGAL

.
.

RESPIRAR

.
.

BIOSFERA

.
video
.

FONTE NOVA

.
.

QUERIAM O QUÊ ?!

..
.
Se tudo correr bem, ficamos na mesma.
E é um pau!

.
.

CABRITA — DE GARGALHADA

.
.

UMA HISTÓRIA ÀS BOLAS PARA PESSOAS PACHOLAS

.
.

 
 
.
Tudo está bem quando acaba bem!
.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

IRIS SCOTT

.
.

EUPHRATES

.
.
Usando um rotoscópio, aparelho originariamente concebido para criar animação no cinema, segundo penso, um grupo japonês chamado EUPHRATES fez este curto vídeo com a bailarina do Bolshoi Kurimu Urabe. Está baril!
.

QUE SAUDADES EU JÁ TINHA

.
.
Mísseis terra-ar soviéticos desfilam na Praça Vermelha, em frente de uma imagem gigante de Lenin, a 7 de Novembro de 1977, na cerimónia anual comemorativa da Revolução Bolchevique. Temos todos muitas saudades desse tempo porque... tínhamos menos 40 anos. Eh, Eh, Eh...
..

DESAFIAR A GRAVIDADE

.
video
.
O buraco tem cerca de 2,5 metros de altura
.

CALEIDOSCÓPIOS DA NATUREZA

.
.
A fotografia foi feita ontem por Colin Cradock no Reino Unido — Sol vermelho. Outras idênticas aparecem em vários jornais.
A explicação é a seguinte: o Furacão Ofélia arrastou poeira e ar tropical do deserto do Sará, a que se somaram produtos dos incêndios em Espanha e Portugal. A mistura altera a luz para maiores comprimentos de onda e parte dos infravermelhos juntam-se ao vermelho habitual no espectro solar, produzindo o fenómeno. Voilà!
.

O SOFISMA DE COSTA

.
.
O problema é que uma coisa depende da outra!
.
.

HUMOR NEGRO

.
..
(Cartoon de Henrique Monteiro in http://henricartoon.pt/portugal-a-arder-1115612)
.
SERIA CÓMICO SE NÃO FOSSE TRÁGICO!
.

ÍNTERIM

.
.

RECORDAR É VIVER

.
.
Hoje, acidentalmente, caiu-me no monitor um vídeo que será de há 14 anos apenas. Não é do tempo da descoberta da roda, nem da invenção da máquina a vapor. Os intervenientes estão todos vivos e de boa saúde, felizmente e tanto quanto sei. 
É bom recordar, sobretudo, não apenas para viver como diz o ditado, mas para viver melhor, sabendo a quem estamos entregues.
.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

WILLEM-DE-KOONING

.
.

O “BLACK AND DECKER” PARA DECLARAÇÕES POLÍTICAS

.
.
INCÊNDIOS
.


A HERANÇA DE CONSTANÇA

.
....

BRELL

.
video
......

OUTONO


.

domingo, 15 de outubro de 2017

OS GRANDES VELEIROS

.
.

ΠΥΘΑΓΌΡΑΣ ὁ ΣΆΜΙΟΣ

.
video
...
Pitágoras de Samos disse um dia aos seus netos: nos triângulos rectângulos, o quadrado da hipotenusa é igual à soma do quadrado dos catetos. Também terá dito que os números ímpares eram masculinos e os pares femininos. O teorema rima e é verdade; o sexo dos números é uma bacoquice e não é verdade. O que é provavelmente verdade é que Pitágoras nunca existiu. 
Além do citado teorema não estar escrito em lado nenhum por Pitágoras, a verdade é que o homem nunca escreveu nada que se conheça por sua mão e cabeça. Ao contrário de Sócrates (de Vilar de Maçada!) que se farta de escrever sem dizer nada com proveito, Pitágoras — se existisse — teria muito para dizer e não disse nada.
No "Livro dos Filósofos Mortos" admite-se que Pitágoras é uma figura inventada por um grupo intitulado "Pitagóricos" que defendia crenças complicadas na época.
A História tem destas coisas: metade (?) é verdade e metade (?) é inventado a posteriori — o melhor é dar sempre um desconto. Bastante maior que o dos novos escalões do IRS de Centeno.

.

A AURORA DA ALBERTA

.
.
O Sol, nossa estrela de estimação, tem dias. Volta, não volta, é acometido de eructações inesperadas e expele para o espaço partículas ionizadas — são as "ejecções de massa coronal".
Tais "arrotos" podem chegar à Terra e, quando assim acontece, átomos de oxigénio e azoto da atmosfera sofrem modificações na posição e no sentido da rotação dos seus electrões, criando situações de instabilidade atómica. O equilíbrio é restabelecido repondo as posições e o sentido de rotação iniciais, o que se acompanha da emissão de fotões com comprimentos de onda variados e, consequentemente, cores diferentes. São as Auroras Boreais, também conhecidas por Luzes do Norte. Ocorrem, por vezes, no Polo Sul, mas são mais raras.
As imagens são bonitas, como pode ver-se no excerto de vídeo em cima, feito em Alberta, no Canadá.

.

ACAMPAR NA LUA

.
.
A Terra, como é sabido, tem atmosfera há milhares de milhões da anos; mas a nossa companheira Lua não tem. Contudo, admite-se agora que já a tenha tido e por um mecanismo semelhante ao nosso.
A atmosfera da Terra é constituída por gases emitidos por vulcões. Não muito depois disso acontecer no nosso planeta, o mesmo terá ocorrido com erupções vulcânicas lunares, lançando para o exterior gases a um ritmo superior àquele com que escapavam para o espaço. Tal atmosfera terá persistido 70 milhões de anos, até se escapar na totalidade devido à falta de gravidade.
A análise de rochas lunares, trazidas para a Terra pelos astronautas da Apollo, revelaram a presença de gases, nomeadamente monóxido de carbono, constituintes da água e outros compostos voláteis. É mesmo natural que exista gelo nalgumas áreas  da Lua, assinaladas a azul na figura do pólo Sul em baixo.

Será possível, um dia, acampar na Lua?

ÍNTERIM

..
..

O 31 ? — É SÓ UMA AMOSTRA!

..
,

[...] Convém não esquecer que não se sabe onde pairam cinco a dez mil milhões "desaparecidos", mas que se encontram depositados a recato em contas de famílias, seus mandatários, cães e gatos. A que terão de se acrescentar cinco a oito milhares de milhões de outras histórias mal acabadas, como a do BPN. Convém ainda não esquecer que as actuações de políticos, banqueiros, bancários, gestores e empresários relativamente às PPP, aos swaps e aos golpes em quase todos os bancos portugueses estão fora da alçada deste processo Sócrates barra Salgado barra Espírito Santo barra PT. [...]

.
António Barreto in "Diário de Notícias"
.

sábado, 14 de outubro de 2017

PINTURA CONTEMPORÂNEA

.
.

UMA VEZ NA VIDA

.
video
.

TÍTULOS IMPENSÁVEIS

.

.
Títulos destes dão para pensar e perguntar o que é o desporto
.

CUIDADO COM A CABEÇA

 ..
.
Os astrónomos acreditam que existe mais um planeta no Sistema Solar, a morar 20 vezes mais longe do Sol que Neptuno, com 4 vezes o tamanho da Terra e 10 vezes a sua massa.
Tal corpo pode estar a "inclinar" o Sistema Solar no seu conjunto e um dia destes ainda levamos com Mercúrio na cabeça. Suspeita-se que alguns políticos já apanharam com Marte.
.
.

PAGAR E NÃO BUFAR

.
Os europeus estão gratos aos britânicos por muitas coisas que fizeram pela Europa, durante a guerra, antes da guerra e depois da guerra, em toda a parte e em todos os tempos; mas agora eles têm de pagar.*

Jean-Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia

*
Os compromissos decorrentes do Brexit
...

COR DE TIJOLO

.
.

AMIGOS, AMIGOS, MAS NEGÓCIOS À PARTE


[...]
Em tempos, faltava pouco para que 
o fervor dos devotos por José Sócrates suscitasse imolações pelo fogo. Hoje, os devotos assobiam para o lado e, à cautela, preferem que o indivíduo se imole sozinho. Nem a lepra assustava assim. Uma rápida consulta às capelinhas virtuais da seita apenas encontra silêncio e distracções. Enquanto os “media”, com discrição e fastio, davam as novas da “Operação Marquês”, no blogue do peru emproado que enfiou o “engenheiro” na Sorbonne discorria-se em volta de “Che” Guevara: em Outubro de 2017, até a associação a um psicopata parece comprometer menos do que a intimidade com o “autor” de “A Confiança no Mundo”. E este é um mero exemplo. Por regra, e à semelhança dos milhões movimentados nas negociatas, os amigos de José Sócrates sumiram sem rasto nem vergonha.

O facto é tanto mais notável quanto os amigos de José Sócrates eram imensos. Alguns, fiéis à força, continuam a fazer-lhe companhia nas quatro mil páginas do processo. A maioria passeia-se sorridente. Sorridente e amnésica. Se o pacote de acusados constitui uma amostra razoável da oligarquia que regularmente enxovalha o país, convém notar que, por definição, as amostras deixam o resto de fora.

E o resto é demasiada gente. A gente dos “media”, nulidades amestradas que José Sócrates inventou ou desenterrou para o servir. A gente do comentário “isento”, sob nome próprio ou pseudónimo, cujas avenças cresciam de modo directamente proporcional à beatificação do amo e senhor. A gente dos negócios que prosperava à sombra da criatura e retribuía a prosperidade com juros. A gente da “justiça”, indivíduos com pilosidade auricular que garantiam a impunidade do benemérito que lhes arranjou emprego. A gente das “relações pessoais”, um folclórico grupo de familiares, namoradas e espontâneos que cirandava em redor de dinheiro facílimo. Sobretudo a gente da política, que subiu com José Sócrates, conspirou com ele e zelosamente lhe amparava os delírios.

É possível que essa gente não tenha sabido de nada, dado por nada, reparado em nada, desconfiado de nada, participado em nada. É possível que essa gente constitua o maior aglomerado nacional de débeis mentais desde a inauguração de Rilhafoles. É possível, e nesse caso seria um acto de mera comiseração e humanidade remover essa gente do convívio com os demais, a bem de uns e dos outros. É possível, e não se deve ficar tranquilo quando, ao inventariar a tralha “socrática” que continua a infestar lugares de decisão ou influência, imaginarmos que Portugal pode ser pasto de idiotas terminais. Ou então não é possível, e a intranquilidade aumenta.

Se calhar, não é realmente possível que essa gente não tenha experimentado o vestígio de uma suspeita, ou estranhado a folia, ou mesmo colaborado nela. E se calhar não é possível não saber que, além de obviamente ilegal, a folia acontecia à custa dos cidadãos “comuns” que essa gente finge defender em cada uma das suas descaradas intervenções. Em qualquer das hipóteses, essa gente não merece andar por aí em paz, ou porque é clinicamente incapaz disso, ou porque é moralmente indigna.
[...]
.
Alberto Gonçalves in "Observador" 
.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

FOGO DO CÉU

.
.

FAZER VISTA GROSSA COM O QUE NÃO CONVÉM

.
Sobre a relutância dos políticos portugueses se pronunciarem acerca do "Caso Sócrates" (ver o post com Santos Silva em baixo), Rui Ramos escreve no "Observador", entre outras coisas:


A razão da nossa oligarquia para se calar é óbvia. Há demasiada gente na política e nos seus arredores que fez carreira com um líder agora acusado de 31 crimes. Mas bastar-lhes-á aguardar pela sentença “com tranquilidade”? Não é legítimo pedir-lhes uma explicação? Por exemplo, nunca tiveram uma dúvida, quando sabemos que sempre houve suspeitas? A propósito dos abusos sexuais do produtor Harvey Weinstein, discute-se agora na América a "cultura de cumplicidade" que o teria protegido durante anos. Não deveríamos nós estar a discutir a “cultura de cumplicidade” que parece haver à volta da corrupção e do abuso do poder na democracia portuguesa? Uma cultura feita de indiferença ética, de comunhão na ganância e de um sentimento de impunidade alimentado, de alto a baixo, pela promiscuidade no Estado, pela dificuldade de provar estes crimes e por votações como as de Oeiras.
.
Conhecendo a velocidade de cruzeiro da Justiça em Portugal, digo eu, é provável que o processo não chegue ao fim antes de 2030. Nesse ano, quando alguém falar em Sócrates, todos pensarão no da Grécia, falecido há mais de dois mil anos e que nunca conheceu Ricardo Salgado, ou o Grupo LENA.
.

A FUGA DOS JACTOS PARA O EGIPTO

.
.

IRONIAS DA HISTÓRIA

.
.

A ERA VITORIANA JÁ FOI

..
Philip Hammond, que é Ministro das Finanças do Reino Unido, embora com o nome de Chancellor of the Exchequer, no meio da confusão, escuridão e atrapalhação que são as negociações para o Brexit, referiu-se publicamente aos parceiros da União Europeia, a que o Reino Unido ainda pertence, como "o inimigo" e pediu aos seus líderes que se comportassem "como adultos".
A sobranceria britânica é um tique de que os beefs não se libertam. Reduzidos à dimensão de ilha periférica da Europa, continuam a viver no tempo do Império da Rainha Vitória.
Há pachorra?

NÃO HÁ! 
DE TODO !!...
.

É A ÉTICA, ESTÚPIDO!

.
.
(Clique na imagem para ver um vídeo e desculpe a publicidade prévia)
..
[...] na Operação Marquês não estão em causa apenas questões criminais. Há também questões éticas de relevo. Vamos supor que o Ministério Público está errado e que Carlos Santos Silva se limitou a emprestar dinheiro a um amigo em necessidade. Já sem falar dos valores em causa – 500 mil euros? – o PS acha aceitável que um primeiro-ministro passe férias de luxo pagas por um amigo empresário que, por acaso, tem negócios milionários com entidades públicas? Mesmo que não tenha existido crime, não deixa de ser uma situação questionável do ponto de vista ético.
É admissível que o partido da ética republicana, que se considera o guardião do templo da III República, não se pronuncie sobre o elefante no meio da sala?
.
Flipe Alves in "Jornal Económico"

.

PAPA FRANCISCO

.

.
Max Rossi/Reuters
.

IMAGEM DO DIA

...
.

Um iate navega no Lac de Genève, à hora do pôr do Sol.
.
Fotografia de Fabrice Coffrini/AFP/Getty Images
.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

WASSILY KADINSKY

...
...

OPERAÇÃO MARQUÊS

...
[...] Estou convicto que aquilo que já sabemos, tal como aquilo que o Ministério Público já pode mostrar para sustentar a acusação, é apenas uma parte, porventura uma pequena parte, dos abusos que foram cometidos na busca de mais e mais poder – ou de mais e mais dinheiro. Sinceramente gostaria de não me enganar quando penso que a procissão ainda vai no adro. Isto é, que os muitos segredos que esta teia ainda tem por revelar não ficarão esquecidos e serão um dia revelados.
De resto, este foi um bom dia para a nossa democracia. Não por essa democracia ter tido um primeiro-ministro que caiu desgraçadamente nas malhas da Justiça – mas por a Justiça ter feito o seu trabalho, sem se intimidar e sem esmorecer. Que assim possa continuar a acontecer.
.
José Manuel Fernandes in "Observador"
.

A NECESSIDADE DE AUMENTAR O ESTÁDIO DA LUZ

.

Após centenas de milhares de anos, a população mundial, em 1804, chegou aos mil milhões de almas  — ignora-se como se fez essa evolução.
Os 3 mil milhões atingiram-se em 1960 e, 40 anos depois, dobrou para  6 mil milhões  aliás, neste dia de Outubro, em 1999, a Organização das Nações Unidas celebrou, simbolicamente, o nascimento do habitante  número 6.000.000.000, na pessoa de uma criança nascida em Sarajevo.
Em 2011, o número chegou aos 7 mil milhões. 
Hoje, 12 de Outubro de 2017, devemos ser 7,6 mil milhões.
NOT BAD!...
A pergunta é:quantos caberão mais?
***.


IMAGEM DO DIA

.
.
O que se vê na imagem são flamingos, o local é a margem de um lago salgado no Norte da Tanzânia e a fotografia é de Phillip Chang, da Solent News & Photo Agency.
.

O PERIGO DA LEITURA DOS LÁBIOS

.


.